foto

303756
HojeHoje82
Esta semanaEsta semana252
Este mêsEste mês1412
Dia mais visitado 01-29-2018 : 2925
Statistik created: 2019-07-16T14:36:20+01:00
O seu IP: 54.174.43.27

Últimas Notícias

Mão à Horta

A nossa viagem teve início em setembro, quando a professora Ana Maria lançou o desafio à Direção da Agrupamento de Escolas da Nazaré que, de imediato, aceitou. Formou-se a equipa e foi assim que nasceu “Mãos à Horta”.

Com a colaboração da Câmara Municipal da Nazaré, de alguns Encarregados de Educação, com trabalho, dedicação, amor, paciência e bom humor de alguns alunos e da equipa de Eco-Escolas, depois de pôr “Mãos à Horta” já se conseguiram bons resultados, com produtos frescos para a nossa mesa.

Que bonitas estão as nossas colheitas! Foram um sucesso no nosso mercadinho.

MAOS_HORTA_2018_19_1
MAOS_HORTA_2018_19_10
MAOS_HORTA_2018_19_11
MAOS_HORTA_2018_19_12
MAOS_HORTA_2018_19_13
MAOS_HORTA_2018_19_14
MAOS_HORTA_2018_19_15
MAOS_HORTA_2018_19_16
MAOS_HORTA_2018_19_17
MAOS_HORTA_2018_19_18
MAOS_HORTA_2018_19_19
MAOS_HORTA_2018_19_2
MAOS_HORTA_2018_19_3
MAOS_HORTA_2018_19_4
MAOS_HORTA_2018_19_5
MAOS_HORTA_2018_19_6
MAOS_HORTA_2018_19_7
MAOS_HORTA_2018_19_8
MAOS_HORTA_2018_19_9

Uma horta é um meio privilegiado de ligação à natureza que pode funcionar como um laboratório vivo e pode servir de base de trabalho para professores de várias disciplinas. Desde a Matemática às Artes, praticamente todos os temas podem ser ensinados e transmitidos aos alunos com recurso a uma horta. Acreditamos que os jardineiros de hoje serão os ambientalistas de amanhã e que pode ser uma lição contínua de respeito pelo meio ambiente. O nosso maior objetivo é promover estilos de vida saudável e sustentabilidade alimentar junto dos nossos alunos.

Queremos que esta horta esteja aberta à comunidade e  para tornar este projeto viável e lhe darmos continuidade, necessitamos da ajuda de toda a comunidade escolar, município, empresas e instituições interessados em serem nossos parceiros nesta grande aventura ecológica.

Para já queremos agradecer à empresa Goanvi–Parras Wines, em Fervença–Alcobaça, na pessoa de Lúcia Antunes, que nos ofereceu paletes de madeira que nos foram muito úteis para delimitar a horta e protege-la do vento; aos encarregados de educação que nos ofereceram estrume de cavalo, sementes e plantas hortícolas; à Câmara Municipal da Nazaré, nomeadamente os técnicos Ricardo Mendes e Liliana, que connosco colaboraram.